Ensino Bíblico, Festas Pagãs

Carnaval, festa só da carne?

O que é o carnaval?

Período anual de festas profanas, originadas na Antiguidade e recuperadas pelo cristianismo, e que começava no dia de Reis (Epifania) e acabava na Quarta-Feira de Cinzas, às vésperas da Quaresma [Festejos populares provenientes de ritos e costumes pagãos, caracterizavam-se pela liberdade de expressão e movimento. (Fonte: Wikipédia) 

Dessa forma podemos entender então que o carnaval é uma espécie de parente do natal. Porém o natal substitui festas de outros deuses para falar sobre o nascimento de Jesus enquanto que o carnaval substitui outras festas pagãs mas não serve aos propósitos cristãos. 

Carnaval dá dinheiro? 

Sim e muito, ele rendeu 8 bilhões de Reais em 2020 de segundo a CNC, no entanto, estima-se que o custo humano dele possa ser de 2 Bilhões e meio de Reais (nessa conta temos gravidez indesejada, mortes por homicídios, acidentes de trânsito, transmissão de AIDS e outras doenças, pagamento dos agentes de segurança pública entre outros).

Em três anos o valor financeiro se torna prejuízo. O custo humano do ponto de vista psicológico é incalculável pois nenhum dinheiro paga uma vida humana e não se pode trazer à vida aqueles que se foram. Essa análise inicial é importante pois a grande justificativa para a realização do carnaval é que ele gera riquezas ao país. Mas não podemos deixar de levar em conta as consequências que essa festa traz para a sociedade como um todo.

Do ponto de vista cristão, pela sua essência, nós não devemos participar. Basta lembrarmos que devemos ser Luz para o mundo. O santo não pode se misturar com o profano, somos templo do espírito santo e isso já é motivo suficiente, além de termos também que cuidar da nossa saúde, evitar os excessos de açúcar, gordura, praticar exercícios… Vemos na Bíblia uma grande variedade de versículos falando sobre resistir à carne e buscar a santidade:

Gálatas 5:16-21, diz assim: “Por isso digo: Vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne. 

Judas 1:7“De modo semelhante a esses, Sodoma e Gomorra e as cidades em redor se entregaram à imoralidade e a relações sexuais antinaturais. Estando sob o castigo do fogo eterno, elas servem de exemplo”.

Desejos carnais

1 Pedro 2:11“Amados, insisto em que, como estrangeiros e peregrinos no mundo, vocês se abstenham dos desejos carnais que guerreiam contra a alma”.

Considerem-se mortos para o pecado

Romanos 6:11,12“Da mesma forma, considerem-se mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus. Portanto, não permitam que o pecado continue dominando o corpo mortal de vocês, fazendo que obedeçam aos seus desejos”.

Comportemo-nos com decência

Romanos 13:13“Comportemo-nos com decência, como quem age à luz do dia, não em orgias e bebedeiras, não em imoralidade sexual e depravação, não em desavença e inveja“.

Vivam pelo Espírito

Gálatas 5:16“Por isso digo: Vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne”.

Controlados pela carne

Romanos 7:5“Pois quando éramos controlados pela carne, as paixões pecaminosas despertadas pela Lei atuavam em nosso corpo, de forma que dávamos fruto para a morte”.

Quem vive segundo a carne

Romanos 8:5,8“Quem vive segundo a carne tem a mente voltada para o que a carne deseja; mas quem vive de acordo com o Espírito tem a mente voltada para o que o Espírito deseja. A mentalidade da carne é morte, mas a mentalidade do Espírito é vida e paz; a mentalidade da carne é inimiga de Deus porque não se submete à Lei de Deus, nem pode fazê-lo. Quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus”

A vida eterna

Gálatas 6:8“Quem semeia para a sua carne da carne colherá destruição; mas quem semeia para o Espírito do Espírito colherá a vida eterna”.

Imoralidade sexual

Colossenses 3:5“Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria”.

Conclusão 

Vimos portanto que dinheiro nenhum paga o custo de uma vida humana e que precisamos nos aproximar de Deus e nos afastar do que desagrada o Criador. 

Percebemos aqui que a bíblia é cheia de instruções sobre os desejos da carne, sobre os excessos e não podemos argumentar que é por falta de informação que cedemos aos desejos do mundo.

Somos fracos mas devemos sempre buscar nossa purificação. 

Fabiano Catrinck. 

Segue abaixo a versão em podcast:

Nesse podcast analisamos o impacto econômico na sociedade e como o cristão deve se portar.
Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s