Ensino Bíblico, Festas Pagãs

Carnaval, festa só da carne?

O que é o carnaval?

Período anual de festas profanas, originadas na Antiguidade e recuperadas pelo cristianismo, e que começava no dia de Reis (Epifania) e acabava na Quarta-Feira de Cinzas, às vésperas da Quaresma [Festejos populares provenientes de ritos e costumes pagãos, caracterizavam-se pela liberdade de expressão e movimento. (Fonte: Wikipédia) 

Dessa forma podemos entender então que o carnaval é uma espécie de parente do natal. Porém o natal substitui festas de outros deuses para falar sobre o nascimento de Jesus enquanto que o carnaval substitui outras festas pagãs mas não serve aos propósitos cristãos. 

Carnaval dá dinheiro? 

Sim e muito, ele rendeu 8 bilhões de Reais em 2020 de segundo a CNC, no entanto, estima-se que o custo humano dele possa ser de 2 Bilhões e meio de Reais (nessa conta temos gravidez indesejada, mortes por homicídios, acidentes de trânsito, transmissão de AIDS e outras doenças, pagamento dos agentes de segurança pública entre outros).

Em três anos o valor financeiro se torna prejuízo. O custo humano do ponto de vista psicológico é incalculável pois nenhum dinheiro paga uma vida humana e não se pode trazer à vida aqueles que se foram. Essa análise inicial é importante pois a grande justificativa para a realização do carnaval é que ele gera riquezas ao país. Mas não podemos deixar de levar em conta as consequências que essa festa traz para a sociedade como um todo.

Do ponto de vista cristão, pela sua essência, nós não devemos participar. Basta lembrarmos que devemos ser Luz para o mundo. O santo não pode se misturar com o profano, somos templo do espírito santo e isso já é motivo suficiente, além de termos também que cuidar da nossa saúde, evitar os excessos de açúcar, gordura, praticar exercícios… Vemos na Bíblia uma grande variedade de versículos falando sobre resistir à carne e buscar a santidade:

Gálatas 5:16-21, diz assim: “Por isso digo: Vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne. 

Judas 1:7“De modo semelhante a esses, Sodoma e Gomorra e as cidades em redor se entregaram à imoralidade e a relações sexuais antinaturais. Estando sob o castigo do fogo eterno, elas servem de exemplo”.

Desejos carnais

1 Pedro 2:11“Amados, insisto em que, como estrangeiros e peregrinos no mundo, vocês se abstenham dos desejos carnais que guerreiam contra a alma”.

Considerem-se mortos para o pecado

Romanos 6:11,12“Da mesma forma, considerem-se mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus. Portanto, não permitam que o pecado continue dominando o corpo mortal de vocês, fazendo que obedeçam aos seus desejos”.

Comportemo-nos com decência

Romanos 13:13“Comportemo-nos com decência, como quem age à luz do dia, não em orgias e bebedeiras, não em imoralidade sexual e depravação, não em desavença e inveja“.

Vivam pelo Espírito

Gálatas 5:16“Por isso digo: Vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne”.

Controlados pela carne

Romanos 7:5“Pois quando éramos controlados pela carne, as paixões pecaminosas despertadas pela Lei atuavam em nosso corpo, de forma que dávamos fruto para a morte”.

Quem vive segundo a carne

Romanos 8:5,8“Quem vive segundo a carne tem a mente voltada para o que a carne deseja; mas quem vive de acordo com o Espírito tem a mente voltada para o que o Espírito deseja. A mentalidade da carne é morte, mas a mentalidade do Espírito é vida e paz; a mentalidade da carne é inimiga de Deus porque não se submete à Lei de Deus, nem pode fazê-lo. Quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus”

A vida eterna

Gálatas 6:8“Quem semeia para a sua carne da carne colherá destruição; mas quem semeia para o Espírito do Espírito colherá a vida eterna”.

Imoralidade sexual

Colossenses 3:5“Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria”.

Conclusão 

Vimos portanto que dinheiro nenhum paga o custo de uma vida humana e que precisamos nos aproximar de Deus e nos afastar do que desagrada o Criador. 

Percebemos aqui que a bíblia é cheia de instruções sobre os desejos da carne, sobre os excessos e não podemos argumentar que é por falta de informação que cedemos aos desejos do mundo.

Somos fracos mas devemos sempre buscar nossa purificação. 

Fabiano Catrinck. 

Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s