Ensino Bíblico

Os sonhos na vida com Deus Parte 2

Em nosso primeiro artigo sobre os sonhos vimos que Deus pode falar conosco assim como fez com José. Nesse segundo artigo veremos que podemos também receber o dom de interpretar os sonhos de outras pessoas.

Quando José foi preso no Egito após a calúnia da esposa de Potifar (Gênesis 39: 1 – 20) conheceu dois homens que trabalhavam no palácio e haviam irritado o faraó:

“E eles lhe disseram: Tivemos um sonho, e ninguém há que o interprete. E José disse-lhes: Não são de Deus as interpretações? Contai-mo, peço-vos. Então contou o copeiro-mor o seu sonho a José, e disse-lhe: Eis que em meu sonho havia uma vide diante da minha face. E na vide três sarmentos, e brotando ela, a sua flor saía, e os seus cachos amadureciam em uvas; E o copo de Faraó estava na minha mão, e eu tomava as uvas, e as espremia no copo de Faraó, e dava o copo na mão de Faraó. Então disse-lhe José: Esta é a sua interpretação: Os três sarmentos são três dias; Dentro ainda de três dias Faraó levantará a tua cabeça, e te restaurará ao teu estado, e darás o copo de Faraó na sua mão, conforme o costume antigo, quando eras seu copeiro.” (Gênesis 40:8-13)

“Vendo então o padeiro-mor que tinha interpretado bem, disse a José: Eu também sonhei, e eis que três cestos brancos estavam sobre a minha cabeça; E no cesto mais alto havia de todos os manjares de Faraó, obra de padeiro; e as aves o comiam do cesto, de sobre a minha cabeça. Então respondeu José, e disse: Esta é a sua interpretação: Os três cestos são três dias;Dentro ainda de três dias Faraó tirará a tua cabeça e te pendurará num pau, e as aves comerão a tua carne de sobre ti.” (Gênesis 40:16-19)

Como vimos, o que Deus havia revelado a José era o que iria acontecer com aqueles dois homens – O perdão e o castigo. Interessante observarmos que o dom de interpretação de sonhos não serve apenas para esclarecer algo que tenha gerado curiosidade em nossos corações. Existem também aqueles sonhos cuja interpretação servirá para honrar a fidelidade com Deus e para cumprir os seus propósitos em nossas vidas. É isso que vemos no caso de José a partir de Gênesis capítulo 41 e a partir do versículo 28 temos a interpretação do sonho do faraó e a honra de Deus prometida a José se cumprindo:

Esta é a palavra que tenho dito a Faraó; o que Deus há de fazer, mostrou-o a Faraó. E eis que vêm sete anos, e haverá grande fartura em toda a terra do Egito. E depois deles levantar-se-ão sete anos de fome, e toda aquela fartura será esquecida na terra do Egito, e a fome consumirá a terra; E não será conhecida a abundância na terra, por causa daquela fome que haverá depois; porquanto será gravíssima. E que o sonho foi repetido duas vezes a Faraó, é porque esta coisa é determinada por Deus, e Deus se apressa em fazê-la. (…) E esta palavra foi boa aos olhos de Faraó, e aos olhos de todos os seus servos. E disse Faraó a seus servos: Acharíamos um homem como este em quem haja o espírito de Deus? Depois disse Faraó a José: Pois que Deus te fez saber tudo isto, ninguém há tão entendido e sábio como tu. Tu estarás sobre a minha casa, e por tua boca se governará todo o meu povo, somente no trono eu serei maior que tu.” (Gênesis 41:28-40)

Mas esse não é o único exemplo que temos na Bíblia, Daniel também foi honrado após interpretar o sonho do rei da Babilônia: No capítulo 2 do livro de Daniel vemos que mais uma vez há um rei atormentado com o sonho que tivera. E mais uma vez um filho de Deus irá esclarecer o que irá acontecer… Segue abaixo o resumo dessa leitura:

“E a mim me foi revelado esse mistério, não porque haja em mim mais sabedoria que em todos os viventes, mas para que a interpretação se fizesse saber ao rei, e para que entendesses os pensamentos do teu coração. (…) “ (Daniel 2:30-45)

Tanto José quanto Daniel eram jovens fiéis a Deus, na passagem a seguir, apesar dos elogios do rei a Daniel, vemos que o rapaz exalta somente a Deus e dá todo o crédito ao nosso Pai pela interpretação do sonho:

“Respondeu Daniel na presença do rei, dizendo: O segredo que o rei requer, nem sábios, nem astrólogos, nem magos, nem adivinhos o podem declarar ao rei; Mas há um Deus no céu, o qual revela os mistérios; ele, pois, fez saber ao rei Nabucodonosor o que há de acontecer nos últimos dias; o teu sonho e as visões da tua cabeça que tiveste na tua cama são estes:” (Daniel 2:27,28)

“Respondeu o rei a Daniel, e disse: Certamente o vosso Deus é Deus dos deuses, e o Senhor dos reis e revelador de mistérios, pois pudeste revelar este mistério. Então o rei engrandeceu a Daniel, e lhe deu muitas e grandes dádivas, e o pôs por governador de toda a província de babilônia, como também o fez chefe dos governadores sobre todos os sábios de babilônia. E pediu Daniel ao rei, e constituiu ele sobre os negócios da província de babilônia a Sadraque, Mesaque e Abednego; mas Daniel permaneceu na porta do rei.” (Daniel 2:47-49)

Conclusão

Deus pode nos dar o dom de interpretação de sonhos tanto para nos honrar quanto para que possamos ser usados como seu instrumento para dizer algo a alguém. Precisamos dar o crédito ao nosso Pai e não permitir que o nosso ego fique inflado com os elogios que virão em função dessa graça.

Um abraço, Fabiano Catrinck.

Anúncios
Padrão
Avivamento

Avivamento, como ele acontece?

Nesse artigo veremos alguns pré-requisitos para que o avivamento aconteça.

O avivamento em uma igreja e em cada um de nós depende que algumas circunstâncias se conectem para poder acontecer. Ele não pode ser fabricado, mas pode ser estimulado através de algumas ações que veremos aqui nesse primeiro momento de forma mais resumida e que iremos abordar detalhadamente em publicações posteriores:

Corações preparados

Os corações precisam ser aquecidos para serem estimulados a se conectarem com Jesus, aqui a consolação dos corações pode ser uma primeira etapa.

Esvaziar-se de si e encher-se para Jesus

Não dá para louvar a Deus tendo na mente os problemas de nossas vidas, precisamos nos esvaziar para nos encher. Foco no alvo!

Cumprir o papel de anunciar o evangelho

João Batista foi a voz que clamava no deserto e serve de exemplo para todo cristão pois ele anunciava a Jesus e clamava para que as pessoas se arrependessem dos seus pecados.

Seguir o caminho, a ponte para o céu

Paulo tinha o seu alvo em cristo, em um culto alguns elementos nos ajudam a nos conectar com Jesus e a sentir a sua presença, entre eles podemos citar os louvores.

A manifestação da Glória de Deus

Nada mais belo e puro do que reconhecer a sua limitação e que Jesus é o Senhor, o nosso Senhor!

A vida com Deus

Sem termos vida com Deus, não seremos avivados, precisamos ter comunhão com o Pai.

Não existe uma ordem ou maneira mais ou menos correta de sermos avivados. Essencialmente precisamos de Jesus em nossas vidas e seguir os bons exemplos dos profetas e apóstolos do nosso Salvador. Muitas pessoas são avivadas, outras estão a anos do evangelho e não sentem a presença do Espírito Santo por talvez não terem se desapegado de coisas pessoais ou materiais ou por não praticarem os ensinamentos de Jesus e de Deus através de tantos bons exemplos descritos na bíblia.

Nos próximos artigos veremos de forma mais abrangente cada um dos tópicos descritos aqui.

Um abraço, Fabiano Catrinck.

Créditos

Imagem dos versículos geradas pelo site www.bibliaonline.com.br

Segue abaixo a versão em podcast:

Nesse poscast veremos alguns pré-requisitos para que o avivamento aconteça.
Anúncios
Padrão
Sonhos

Os sonhos na vida com Deus Parte 1 – José e o seu futuro

Os sonhos estão presentes em várias partes da bíblia. Nesse artigo vamos observar a relação de José com Deus e como sua vida foi governada.

O primeiro sonho:

“Eis que estávamos atando molhos no meio do campo, e eis que o meu molho se levantava, e também ficava em pé, e eis que os vossos molhos o rodeavam, e se inclinavam ao meu molho.” Gênesis 37:7

O segundo sonho:

“E teve José outro sonho, e o contou a seus irmãos, e disse: Eis que tive ainda outro sonho; e eis que o sol, e a lua, e onze estrelas se inclinavam a mim.” Gênesis 37:9

Nessas duas primeiras leituras José recebe uma mensagem de Deus sobre o que irá acontecer no futuro. O interessante é que não somos capazes de compreender a vontade Divina de forma clara e objetiva. Se toda nossa vida fosse simplesmente revelada isso traria mais confusão do que bênção. É por isso que Jesus e os homens que vieram antes dele falavam muitas vezes em parábolas, suas visões embora fossem claras não eram simples de serem reveladas. Vejamos o que aconteceu quando José revelou os seus sonhos à sua família:

“Então lhe disseram seus irmãos: Tu, pois, deveras reinarás sobre nós? Tu deveras terás domínio sobre nós? Por isso ainda mais o odiavam por seus sonhos e por suas palavras.” Gênesis 37:8

“E contando-o a seu pai e a seus irmãos, repreendeu-o seu pai, e disse-lhe: Que sonho é este que tiveste? Porventura viremos, eu e tua mãe, e teus irmãos, a inclinar-nos perante ti em terra?” Gênesis 37:10

A resposta de José a seus familiares sobre os dois sonhos, se ele soubesse do seu futuro, seria provavelmente “- Sim, isso mesmo” mas ele era somente um Jovem que não sabia o que Deus havia determinado em sua vida… É claro que são poucos os sonhos que temos onde Deus irá falar conosco. Muitos sonhos são influenciados por fatores externos ou internos tais como calor, frio, posição ruim na cama, dores, vontade de ir ao banheiro, preocupações e etc. Quando sonhar com algo que lhe chame a atenção, ore a Deus pedindo entendimento e não o revele a qualquer pessoa, pois você poderá ter a mesma experiência de José com os seus familiares.

Conclusão

Vimos então que Deus pode falar conosco através dos sonhos. Apesar disso, muitas vezes não entendemos claramente o que significa esses sonhos. Não devemos porém contar a todos o que vimos pois a reação nem sempre será boa.

Um abraço, Fabiano Catrinck.

Segue abaixo a versão em podcast:

Os sonhos estão presentes em várias partes da bíblia. Nesse podcast vamos observar a relação de José com Deus e como sua vida foi governada.
Anúncios
Padrão
Reflexões

Por que está abatida ó Minh’alma?

(Inspirado no louvor Aquieta Minh’alma – Ministério Zoe) 

Vivemos em um mundo onde uma das coisas mais difíceis é ser cristão. O tempo todo somos assediados, tentados, confrontados. Diante das tragédias somos questionados – Onde está o seu Deus que não evitou essas mortes? Então me lembro que Jesus também foi tentado e confrontado. Vejo um grande número de pessoas usando álcool e outras drogas como uma muleta para a felicidade. Qual é o sentido da vida? Ir para a balada? Se embriagar nos finais de semana? Vejo Deus sendo colocado de lado, algo opcional.

Vejo que muitos não acreditam Nele.

Durante uma fase da minha vida eu também coloquei Deus em um departamento, fazendo parte da minha vida de forma secundária. Mas Deus é tudo e hoje Ele ocupa o seu devido lugar: O centro de tudo. Um dos desafios de se compreender o mundo à sua volta é permanecer fiel a Deus. Quanto mais aprendemos somos induzidos a questionar a Deus e sua existência. Eu não tenho a pretensão de explicar Deus pois como diz uma canção “… Ninguém explica Deus…”. Mas voltando ao tema central desse texto, como é difícil ser cristão nos dias de hoje.

Deveríamos ser a regra mas somos a exceção.

Para ter um círculo de amigos, ser aceito pela sociedade eu preciso fazer tudo que as pessoas fazem? E quando vier a dor, a tristeza a quem vou pedir ajuda? Chapolin? Super-homem? Se nos momentos mais difíceis da minha vida só Deus pode me socorrer por que nos momentos felizes devo esquecer de Deus?Nosso Pai do Céu é o centro de tudo, sinceramente não sei como conseguiria viver sem Deus na minha vida.

Ele fez por mim e pela minha família o impossível.

O crédito nunca será meu, mas sempre Dele. Essa é a minha fé. Inabalável durante toda a minha trajetória. Mas então por que ficamos tristes, deslocados em datas festivas, em encontros sociais? Por que está abatida ó Minh’alma, por que te perturbas dentro de mim? Deus – É Dele que eu recebo forças todos os dias para me levantar, enfrentar os meus problemas. Sem Deus, sem o seu amor, eu nada seria. Não devemos nos abater por não nos sentirmos incluídos em determinados círculos sociais. Devemos buscar o equilíbrio. Futebol é divertido? Claro que sim! Mas não deixo Deus de lado para ver uma partida do meu time favorito. Cinema? Uma festa? É muito bom sim mas não posso trocar o meu Deus por essas coisas. A vida é difícil mas sem Deus ela é impossível. Devemos seguir em frente e não nos abatermos com as dificuldades.

É fácil? Não mas se apegue em Deus e vá em frente!

Não se deixe seduzir pelas facilidades desse mundo, leia a Bíblia e acima de tudo creia em Deus.

Fabiano Catrinck 

Segue abaixo a versão em podcast:

Anúncios
Padrão
Reflexões

Onde estão os milagres de Deus?

Há momentos em que as pessoas se entristecem com os tempos atuais e um questionamento comum é sobre o fato de que Deus não tem feito milagres como os que estão registrados na Bíblia. Em princípio é normal aceitarmos essa ideia devido ao fato de que a Bíblia foi escrita a muitos anos atrás. Então pensamos: Deus pode estar triste com a Humanidade e por isso não atua mais como antes…

Errado! Os milagres continuam acontecendo sim!

Milagres acontecem todos os dias e nós nem percebemos ou não damos o devido valor. Você dúvida? Pessoas morrem todos os dias mas nem todas. O autor desse artigo é testemunha disso. Uma intoxicação por alface (sim, alface!) contaminada cuja origem é desconhecida. O resultado foi um intestino que parou de funcionar. Qual é a consequência disso? Se não tiver sob cuidados médicos é a morte!

Mas graças a Deus, foi dado o cuidado necessário e os médicos fizeram a parte deles – Uma sonda colocada pelo nariz para retirar o que estava para sair naturalmente e não saiu, acrescido de um alerta: Se o intestino não voltasse a funcionar teria que operar. Mas o melhor ainda estava por vir: O milagre aconteceu e meu intestino voltou a funcionar novamente. O ponto de vista dos médicos era muito fria – em casos como o meu a operação era o procedimento mais comum. Em uma semana, quem quase morreu estava de volta ao seio da família.

Esse foi um caso dentre tantos que ocorrem diariamente e nós não vemos. Não aparece na TV, nem nas redes sociais. Ninguém tirou uma selfie e pôs no Instagram….

Se liga, Deus não está morto!

Milagres acontecem todos os dias!

Fabiano Catrinck

Segue abaixo a versão em podcast:

Nesse podcast você saberá que os milagres ainda acontecem!
Anúncios
Padrão
Ensino Bíblico, Festas Pagãs

Carnaval, festa só da carne?

O que é o carnaval?

Período anual de festas profanas, originadas na Antiguidade e recuperadas pelo cristianismo, e que começava no dia de Reis (Epifania) e acabava na Quarta-Feira de Cinzas, às vésperas da Quaresma [Festejos populares provenientes de ritos e costumes pagãos, caracterizavam-se pela liberdade de expressão e movimento. (Fonte: Wikipédia) 

Dessa forma podemos entender então que o carnaval é uma espécie de parente do natal. Porém o natal substitui festas de outros deuses para falar sobre o nascimento de Jesus enquanto que o carnaval substitui outras festas pagãs mas não serve aos propósitos cristãos. 

Carnaval dá dinheiro? 

Sim e muito, ele rendeu 8 bilhões de Reais em 2020 de segundo a CNC, no entanto, estima-se que o custo humano dele possa ser de 2 Bilhões e meio de Reais (nessa conta temos gravidez indesejada, mortes por homicídios, acidentes de trânsito, transmissão de AIDS e outras doenças, pagamento dos agentes de segurança pública entre outros).

Em três anos o valor financeiro se torna prejuízo. O custo humano do ponto de vista psicológico é incalculável pois nenhum dinheiro paga uma vida humana e não se pode trazer à vida aqueles que se foram. Essa análise inicial é importante pois a grande justificativa para a realização do carnaval é que ele gera riquezas ao país. Mas não podemos deixar de levar em conta as consequências que essa festa traz para a sociedade como um todo.

Do ponto de vista cristão, pela sua essência, nós não devemos participar. Basta lembrarmos que devemos ser Luz para o mundo. O santo não pode se misturar com o profano, somos templo do espírito santo e isso já é motivo suficiente, além de termos também que cuidar da nossa saúde, evitar os excessos de açúcar, gordura, praticar exercícios… Vemos na Bíblia uma grande variedade de versículos falando sobre resistir à carne e buscar a santidade:

Gálatas 5:16-21, diz assim: “Por isso digo: Vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne. 

Judas 1:7“De modo semelhante a esses, Sodoma e Gomorra e as cidades em redor se entregaram à imoralidade e a relações sexuais antinaturais. Estando sob o castigo do fogo eterno, elas servem de exemplo”.

Desejos carnais

1 Pedro 2:11“Amados, insisto em que, como estrangeiros e peregrinos no mundo, vocês se abstenham dos desejos carnais que guerreiam contra a alma”.

Considerem-se mortos para o pecado

Romanos 6:11,12“Da mesma forma, considerem-se mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus. Portanto, não permitam que o pecado continue dominando o corpo mortal de vocês, fazendo que obedeçam aos seus desejos”.

Comportemo-nos com decência

Romanos 13:13“Comportemo-nos com decência, como quem age à luz do dia, não em orgias e bebedeiras, não em imoralidade sexual e depravação, não em desavença e inveja“.

Vivam pelo Espírito

Gálatas 5:16“Por isso digo: Vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne”.

Controlados pela carne

Romanos 7:5“Pois quando éramos controlados pela carne, as paixões pecaminosas despertadas pela Lei atuavam em nosso corpo, de forma que dávamos fruto para a morte”.

Quem vive segundo a carne

Romanos 8:5,8“Quem vive segundo a carne tem a mente voltada para o que a carne deseja; mas quem vive de acordo com o Espírito tem a mente voltada para o que o Espírito deseja. A mentalidade da carne é morte, mas a mentalidade do Espírito é vida e paz; a mentalidade da carne é inimiga de Deus porque não se submete à Lei de Deus, nem pode fazê-lo. Quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus”

A vida eterna

Gálatas 6:8“Quem semeia para a sua carne da carne colherá destruição; mas quem semeia para o Espírito do Espírito colherá a vida eterna”.

Imoralidade sexual

Colossenses 3:5“Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria”.

Conclusão 

Vimos portanto que dinheiro nenhum paga o custo de uma vida humana e que precisamos nos aproximar de Deus e nos afastar do que desagrada o Criador. 

Percebemos aqui que a bíblia é cheia de instruções sobre os desejos da carne, sobre os excessos e não podemos argumentar que é por falta de informação que cedemos aos desejos do mundo.

Somos fracos mas devemos sempre buscar nossa purificação. 

Fabiano Catrinck. 

Segue abaixo a versão em podcast:

Nesse podcast analisamos o impacto econômico na sociedade e como o cristão deve se portar.
Anúncios
Padrão
Reflexões

Canal no Youtube!

Nova hospedagem do conteúdo de nosso site.

A Paz querido leitor, tudo bem com você? Agora os podcasts do Ministério Luz do Saber em Cristo estão hospedados em nosso canal no Youtube, lá também você irá encontrar playlists com os louvores e vídeos educacionais utilizados aqui.

Clique no link e confira: https://www.youtube.com/channel/UCQeZFxk7vOASTi0wLx0BMPQ/featured

Padrão
Pastor

Estamos de volta

Olá querido leitor, tudo bem com você? Após uma breve pausa estamos voltando com as atividades em nosso site. Recentemente perdemos uma pessoa muito querida e o luto se fez necessário. 

O Ministério Luz do Saber em Cristo perdeu muito mais que um parceiro, perdeu um amigo e um irmão. Homem honrado, honesto, dedicado à obra de Deus e à sua família. O pastor Gregório representa tudo isso e muito mais, é difícil descrever todas as suas qualidades. 

Mais difícil ainda é compreender as ações de Deus. Porém não cabe a nós questionar a vontade do Pai e como diz um certo louvor: “… ninguém explica Deus…”.

Fica registrado então aqui o nosso muito obrigado. Por todas as almas alcançadas para Jesus, por todos os ensinamentos, enfim, por tudo. Querido amigo, temos certeza que você está em um lugar melhor agora. Você sempre foi fiel ao Pai e agora cabe a todos nós seguirmos em frente. 

Muito obrigado!

Ministério Luz do Saber em Cristo – Site dedicado à educação cristã. 

Padrão
Ensino Bíblico

Introdução ao Novo Testamento

Continuando nossos estudos sobre os livros da bíblia, hoje conheceremos quais são os livros do evangelho no Novo Testamento e aprenderemos sobre humildade com Jesus e João Batista.

Quais são os livros do evangelho?

Os livros do evangelho são Mateus (Mt), Marcos (Mc), Lucas (Lc) e João (Jo).

A genealogia de Jesus – O livro de Mateus

No livro de Mateus 1:17 veremos o resumo da genealogia de Jesus: “De sorte que todas as gerações, desde Abraão até Davi, são catorze gerações; e desde Davi até a deportação para a babilônia, catorze gerações; e desde a deportação para a babilônia até Cristo, catorze gerações.” é importante começarmos por esse versículo para lembrar que Deus cumpriu a sua promessa a Davi que sempre faria reis da sua descendência. Nos versículos seguintes (do 18 ao 25) teremos a narração do nascimento de Jesus.

O chamado ao arrependimento – Mateus 3:1-3

João Batista, profeta, homem humilde, sabia qual era o seu papel. Convoca as pessoas a se arrependerem: “E, naqueles dias, apareceu João o Batista pregando no deserto da Judéia,

E dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus. Porque este é o anunciado pelo profeta Isaías, que disse: Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, Endireitai as suas veredas.”. Interessante que hoje não é diferente. Nas igrejas verdadeiras, que continuam sendo fiéis a Deus, você verá o chamado ao arrependimento com os líderes reconhecendo qual é o seu papel e não se deixando levar por cargos ou quaisquer outras maneiras que possam massagear o seu ego. Essa leitura pode ser perfeitamente combinada com Tiago 1:17-19 que fala sobre as bênçãos que vem de Deus.

João Batista sabia qual era o seu lugar

Em Mateus 3:11 vemos: “E eu, em verdade, vos batizo com água, para o arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; cujas alparcas não sou digno de levar; ele vos batizará com o Espírito Santo, e com fogo.” e recebeu a nobre missão de batizar Jesus nos versículos 13 ao 17.

Conclusão

Para concluir esse artigo vamos destacar em Mateus 3 os versículos 16 e 17 onde nosso Deus demonstra sua alegria ao ver Jesus cumprindo as escrituras.

Como é belo o exemplo do nosso Salvador! Ele tinha tudo e era melhor do que nós em tudo mas mesmo assim foi obediente e cumpriu com a sua dura missão para nos salvar.

Fica aqui então a lição: que cada um de nós sejamos imitadores de Cristo, humildes e obedientes a Deus, abrindo mão das nossas vontades e desejos para fazer o que nosso criador deseja. Foi assim com João Batista, foi assim com Jesus e tem que ser assim comigo e com você!

Atividade proposta

No artigo anterior você pôde expressar os seus sentimentos pedindo perdão ou perdoando alguém através do ato de rasgar um papel como um símbolo da sua atitude.

Agora, com base em Mateus 3:16-17 reflita sobre um momento em sua vida no qual você percebeu que Deus te ama verdadeiramente, sabe aquele momento que você se sentiu privilegiado por ser filho de Deus? Então, é justamente sobre isso que eu estou falando. Reflita sobre esse momento e se desejar compartilhe com a gente!

Um abraço.

Fabiano Catrinck.

Créditos:

Imagem da leitura Mateus 3:16-17 gerada pelo site https://www.bibliaonline.com.br/

Segue abaixo a versão em podcast:

Nesse podcast aprenderemos quais são os livros do evangelho e teremos uma grande lição ensinada por Jesus e João Batista.
Anúncios
Padrão
Ensino Bíblico

Jacó – Um exemplo de mudança de vida

Nesse artigo aprenderemos um pouco sobre a família de Jacó e sua transformação.

Aproveitamos o conhecimento Divino já no primeiro versículo que fala sobre a origem de Esaú e Jacó: “Isaque orou ao Senhor em favor de sua mulher, porque era estéril. O Senhor respon­deu à sua oração, e Rebeca, sua mulher, engra­vidou.” (Gênesis 25:21) Quantas vezes você que é homem orou a Deus a favor da sua esposa pedindo que um sonho dela se realizasse?

Mas essa não era uma família perfeita, os meninos já disputavam quem seria o melhor desde o ventre da sua mãe. (Gênesis 25:22) Ao perguntar a Deus o motivo, a resposta foi: “E o Senhor lhe disse: Duas nações há no teu ventre, e dois povos se dividirão das tuas entranhas, e um povo será mais forte do que o outro povo, e o maior servirá ao menor.” (Gênesis 25:23) E os pais tinham os seus preferidos: “Isaque preferia Esaú, porque gostava de comer de suas caças; Rebeca preferia Jacó.” (Gênesis 25:28) Esaú tinha o privilégio de ser o mais velho, mas Jacó desejava reverter essa vantagem. É o que acontece na leitura de Gênesis 25:34 “Então Jacó serviu a Esaú pão com enso­pado de lenti­lhas. Ele comeu e bebeu, levantou-se e se foi. Assim, Esaú desprezou o seu direito de filho mais velho.” Em seguida no capítulo 27 veremos que Jacó com o apoio de sua mãe rouba a bênção que seria do seu irmão causando a ira do mesmo.

Na fuga se dará o início da mudança de Jacó, ele vai ter seu primeiro encontro com Deus (Gênesis 28:10-17) e conhecerá Raquel (Gênesis 29:10) e por amor a ela trabalhará quatorze anos para, enfim, poderem se casar. (Gênesis 29:18-28) O tempo vai passar e a transformação Divina na vida de Jacó vai se concretizar com algo tão simples de falar mas difícil de colocar em prática: a reconciliação com o seu irmão “Mas Esaú correu ao encontro de Jacó e abraçou-se ao seu pescoço, e o beijou. E eles choraram.” (Gênesis 33:4)

Com todos esses eventos Jacó se torna um novo homem cujo nome passa a ser Israel, mas o mito da família perfeita cairá por terra novamente pois ele amará mais o seu filho José do que os demais. Porém isso é tema para um outro artigo…

Conclusão

A vida de Jacó e da sua família são um exemplo para nós em muitos sentidos. Mesmo diante da bênção de Deus os problemas podem ocorrer. Disputas internas, traições, não é por que você vive uma promessa de Divina que está imune. O lindo de tudo o que aconteceu com Jacó foi a sua transformação, de trapaceiro a chefe de família, marido dedicado, pai amoroso e preocupado com o bem dos seus filhos e sobretudo fiel a Deus.

Dinâmica proposta

Que tal praticar um pouco do que Deus nos ensinou neste artigo? Pegue uma folha de papel e escreva a mágoa que você sente por uma pessoa, grave um vídeo dizendo que nesse momento você está perdoando a ela ou então peça perdão e rasgue o papel como um símbolo de que esse sentimento que há dentro de você está sendo desfeito agora! Perdoe pois o perdão liberta! “Pois, se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também perdoará vocês.” (Mateus 6:14)

Um abraço.

Fabiano Catrinck

Segue abaixo a versão em podcast:

Nesse podcast aprenderemos um pouco sobre a transformação de vida de Jacó.
Anúncios
Padrão